Sonha em Reformar a Sua Casa? Então Confira Essas Dicas

Sonha em Reformar a Sua Casa? Então Confira Essas Dicas

13 de March de 2020 Off By leticia

Você sonha em reformar a sua casa ou um cômodo específico  um dia? Então confira já este artigo feito especialmente para ajudar você!

Muitas pessoas pensam em ter “a casa dos sonhos” um dia, com a sala de um jeito, a cozinha de outro, com aparelhos e móveis modernos, com um piso diferenciado… enfim, há diversas ideias.

Porém, como sabemos, as residências geralmente não são vendidas exatamente como queremos. Por exemplo, pode ter algo no quarto que não nos agrada, um tipo de janela que não gostamos na cozinha e por aí vai. 

Nesse contexto, surgem as reformas, ou seja, maneiras de mudar a nossa casa para deixá-la com a nossa cara!

E para te ajudar nisso, separamos a seguir 5 dicas essenciais a respeito de reformas que você precisa saber. Veja!

 

Reformas em casa: dicas essenciais

 

1) Planejamento

 

A primeira dica (e uma das mais importantes) é a respeito do planejamento. Ou seja, faça uma avaliação de tudo com muita atenção, principalmente em relação as prioridades e necessidades da reforma.

Evite ficar mudando de ideia após a obra já ter sido iniciada, pois, caso contrário, você poderá atrasá-la e provavelmente terá mais gastos.

Além disso, se você não possui muitos conhecimentos e habilidades para reformar uma casa, não hesite em contratar profissionais qualificados. 

É claro que isso implica em mais um gasto, mas é essencial para que o resultado saia como o esperado (ou até melhor). E mais, estes profissionais também podem auxiliar no que deve ser comprado para a reforma – materiais.

E tenha sempre em mente o seguinte: um projeto deste tipo normalmente precisa de três coisas: tempo, dinheiro e paciência. Por isso, planeje tudo muito bem para não ter problemas.

 

2) Pesquise

 

Antes de contratar os profissionais e comprar os materiais (que será o próximo tópico deste artigo), pesquise bastante, faça cotações e pechinche. Afinal, um descontinho sempre cai bem, não é verdade?

Isso porque, reformas não costumam ser baratas. Por isso, busque referências de profissionais, peça fotos de reformas que já fizeram e vá em pelo menos três lojas para ver os materiais.

Além disso, leve com você um bloquinho ou anote tudo no celular. Dessa forma, você terá uma ideia melhor e mais realista de quanto irá gastar.

 

3) Materiais

 

Provavelmente, em algum momento da vida, você já ouviu a expressão “o barato sai caro”, não é mesmo? Por isso, na hora de comprar os materiais para a sua obra, tome cuidado, opte apenas por produtos de qualidade.

Por exemplo, para a cobertura da sua casa você pode colocar telhas galvanizadas, cerâmicas, esmaltadas, de fibrocimento, etc. Cabe a você, junto com o profissional responsável pela obra, decidir qual é o melhor tipo e a melhor marca para escolher.

Assim, mesmo com o passar dos anos, você não terá problemas por causa de materiais sem qualidade que estão afetando a sua residência.

 

 

4) Cronograma

 

Após alinhar e definir os tópicos acima, é hora de definir (junto com o profissional ou empresa responsável) um cronograma para o projeto, ou seja, quando serão feitos os projetos elétricos, as trocas de piso, a pintura, etc.

Afinal, ninguém quer uma obra que parece que não acaba nunca. É preciso estipular prazos e definir um cronograma para você se organizar e planejar sua rotina da melhor maneira, assim como os responsáveis pelo projeto.

 

5) Imprevistos

 

Como sabemos, imprevistos acontecem. Portanto, esteja preparado para eles e não tenha dor de cabeça. Mas como fazer isso? Lá na etapa inicial, no planejamento, separe um valor para problemas que surgirem, por exemplo, um cano estourado.

Assim, você estará preparado e não será pego de surpresa por algo desagradável e que estava fora dos planos. 

Além do mais, caso a reforma ocorra como o esperado, melhor ainda, pois você não precisará gastar o que estava guardado e ainda terá uma casa reformada e dinheiro sobrando! Nada mal, né?

 

E o que você não deve fazer?

 

  • Não planejar;
  • Não contratar profissionais capacitados;
  • Não calcular a quantidade de material;
  • Não cuidar da limpeza e retirada de entulhos;
  • Comprar materiais de baixa qualidade;
  • Priorizar o glamour ao invés da estrutura;
  • Escolher a tinta sem testar a cor no ambiente à luz do dia;
  • Achar que as instalações elétricas e hidráulicas não precisam ser revisadas;
  • Não verificar as restrições da construção, da prefeitura ou do condomínio para o projeto de reforma.

Agora é com você, mãos a obra! Gostou das nossas dicas? Deixe um comentário abaixo e continue acompanhando nosso blog, toda semana tem conteúdo novo para você!